20 anos de Portugal no ESO

20 anos de Portugal no ESO

Participe numa sessão online para celebrar vinte anos de expansão da Astronomia portuguesa com o ESO

Foram inúmeros os benefícios para comunidade científica e para a sociedade portuguesa que resultaram da adesão de Portugal ao Observatório Europeu do Sul (ESO), a maior organização intergovernamental em Astronomia na Europa e o observatório mais produtivo do mundo, no Chile.

Para assinalar duas décadas de expansão notável da atividade portuguesa nesta área, o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) inicia um programa de celebrações precisamente no aniversário da assinatura do acordo de adesão, a 27 de junho, com uma sessão online no canal do IA no YouTube.

Vários investigadores do IA e um painel de discussão vão partilhar algumas das inúmeras descobertas possibilitadas pelos telescópios do ESO e também pelo radiotelescópio ALMA, de que o ESO é membro fundador.

Fascinante é também a aventura que tem sido desenvolver instrumentação astronómica no limite da capacidade tecnológica de modo a aproveitar a óptica de excelência dos telescópios do ESO. A bandeira portuguesa está associada a instrumentos de vanguarda, e novos instrumentos estão a ser desenhados, o que permitirá oferecer uma visão para os próximos 20 anos de Portugal nesta organização.

Subscreva o nosso canal no YouTube e aproveite para colocar as suas perguntas ao intervenientes através da janela de chat.

Painel 

Teresa Lago (Secretária geral da União Astronómica Internacional – IAU)
Chiara Manfletti (Presidente da Portugal Space)
Paulo Garcia (Delegado Científico Português ao Conselho do ESO)
José Afonso (Coordenador do IA)

Investigadores do IA

Alexandre Cabral
Doris Arzoumanian
Iris Breda
Jarle Brinchmann
João Retrê
Nuno Santos
Vardan Adibekyan


Transmissão em direto

Assista à transmissão em direto na janela em baixo.
Se quiser participar e colocar perguntas, dirija-se ao canal do IA no YouTube.

Duração:

1h 30