Ignite IAstro – Grândola

Ignite IAstro - Grandola

Ao longo de 2016, os investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) estão a percorrer Portugal e a levar o Universo a vilas e cidades com menos acesso à comunicação de ciência.

O formato dos eventos Ignite IAstro permite expor, de modo divertido e acessível, cerca de uma dezena de temas da investigação em ciências do espaço feita em Portugal.

Vamos viajar do Sistema Solar às estrelas, e das galáxias aos confins do Universo, ao mesmo tempo que falamos dos instrumentos que nos permitem chegar tão longe.

Programa

Dar Tempo ao Tempo
Rui Agostinho

O tempo é da Astronomia e é da sociedade. Mede-se na rotação da Terra, pelos quasares mais longínquos. O tempo segue as leis da Física e estica-se na força gravítica. Não venha perder tempo, mas ganhar conhecimento… em +1 segundo.

O Universo dos Telescópios
Alexandre Cabral

O Telescópio é um dos instrumentos mais fascinantes criados pelo ser humano. Com ele foi possível alargar os nossos horizontes a limites inimagináveis.
Nesta palestra vamos falar de uma forma muito simples do funcionamento de um telescópio e mostrar imagens dos mais atuais telescópios existente no mundo, utilizados por muitos dos cientistas do IA.

Titã: a exploração de um novo mundo
Alberto Negrão

Nesta palestra serão apresentadas as descobertas que têm vindo a ser realizadas sobre Titã desde a chegada ao sistema saturniano, há 11 anos atrás, da missão espacial Cassini-Huygens.

As estrelas mais pequenas do Universo
Bárbara Rojas-Ayala

Os nossos olhos não conseguem ver as estrelas mais pequenas que existem.

Muitas delas estão próximas do Sol, mas quando olhamos para o céu noturno, a nossa vista não as encontra.
Vou mostrar o que sabemos sobre elas e por que elas podem ser as melhores estrelas para encontrar uma segunda Terra.

Galaxódromo
José Afonso

Galaxódromo é um autódromo de galáxias. Vou mostrar um pouco sobre o que é que nós sabemos sobre as galáxias, como é que pensamos que elas se terão formado e evoluído ao longo dos 14 mil milhões de anos que tem o Universo, e com que instrumentos as conseguimos estudar.

O Lado Negro das Galáxias
Sónia Antón

Uma parte das galáxias que existem no Universo têm buracos negros supermassivos no seu centro.
Conseguimos vê-los? Como os observamos? São grandes ou pequenos? E o que aconteceria se o Sol se tornasse num buraco negro?
São estas algumas das perguntas que nos levam numa viagem ao núcleo das galáxias … em 5 minutos!

Um Universo cheio de pó
Ciro Pappalardo

Irei mostrar por que o pó, apesar de enlouquecer pessoas em dias de limpeza, é um elemento fundamental para compreender a evolução das galáxias. O pó dar-nos-á novas dicas para construir um modelo evolutivo das galáxias, mas infelizmente este modelo não servirá para substituir o aspirador, as minhas desculpas.

No início fez-se luz
C. Sofia Carvalho

Vamos fazer uma biografia da Luz em 5 minutos.

O lado escuro da força
Tiago Barreiro

Mais de metade de todo o Universo conhecido pertence ao “lado escuro”. Ele não é observado diretamente e o que o compõe continua a ser para nós um mistério. Vamos dar um pouco de luz ao lado mais escondido do Universo.

Descarregue o cartaz do evento.


Uma vez por mês, em cada evento Ignite IAstro, entre oito e dez investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço apresentam a sua investigação em apenas cinco minutos cada. Seguindo o conceito dos eventos Ignite, cada investigador terá de falar a compasso de uma sequência de 20 slides que avançam automaticamente a cada 15 segundos.

Conheça o calendário da digressão na página do projeto.

Pode seguir a digressão aqui nesta página e também no Facebook em www.facebook.com/iastro.pt/, no Google+ e no Twitter.

Partilhe

Duração:

1h 30

Entrada livre

Localização

Cineteatro Grandolense
Praça D. Jorge de Lencastre
Grândola
Saiba mais sobre o projeto Digressão Ignite IAstro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *