100 anos de espaço-tempo: A Origem do Tempo em Cosmologia: de Regresso à Mensagem de Einstein

Nas celebrações do eclipse solar total de 1919, aproveite observações astronómicas, visitas guiadas a um observatório histórico, e uma palestra pública dedicada ao contributo de Einstein para a ciência.

O dia 29 de maio marcou o centenário das observações do eclipse solar total de 1919, em Sobral (Brasil), e na ilha do Príncipe (São Tomé e Príncipe), observações de que resultou a confirmação de uma das previsões da teoria da relatividade geral de Einstein.

Após o falecimento do seu grande amigo e confidente científico, Michele Besso, Albert Einstein escreveu uma carta de consolação à viúva, Anna Winteler, nos seguintes termos:  Ele partiu agora deste estranho mundo um pouco à minha frente. Pessoas como nós, que acreditam na física, sabem que a diferença entre passado, presente e futuro é só uma ilusão teimosamente persistente”.
 
Esta conceção de um Universo em Bloco, onde coexistem passado, presente e futuro, é evidente nesta carta e surge, em parte, no contexto das teorias da relatividade de Einstein. Representou um passo na expulsão do tempo nas teorias físicas; mas essa expulsão não parece ser completamente razoável para Einstein, como se percebe pela sua hesitação ao reconhecer que estas descrições científicas não satisfazem completamente as nossas necessidades humanas; existe algo essencial acerca do Agora (o tempo Presente) que está fora do domínio da ciência.

 
É neste contexto que Paulo Crawford, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, irá discutir o conceito de tempo absoluto de Newton versus tempo relativo de Einstein, abordando seguidamente a expulsão do tempo no quadro do Universo em Bloco e terminando com o Renascimento do Tempo, no âmbito da Cosmologia, numa luta de conciliação infindável da relatividade geral com as teorias quânticas. 

 
Todas as atividades são de acesso gratuito, no entanto, a palestra é limitada ao número de lugares disponíveis, e as visitas guiadas ao edifício requerem o registo prévio, realizado à chegada ao evento.

Organizado pelo IA, este evento faz parte da exposição E3 – Einstein, Eddington e o Eclipse, enquadrada no projeto Eddington @ Sundy: 100 anos depois.

Programa:

21h30

A Origem do Tempo em Cosmologia: de Regresso à Mensagem de Einstein

por Paulo Crawford, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA)

23h00

1º Visita Guiada ao Edifício Histórico

23h30

2º Visita Guiada ao Edifício Histórico

24h00

3ª Visita Guiada ao Edifício Histórico

21h30 – 00h30

Observações Astronómicas em contínuo ao longo da noite


Ao longo de 2019, a União Astronómica Internacional (IAU) comemora os seus 100 anos de existência. O IA associa-se às celebrações juntando-se aos múltiplos eventos e projetos a decorrer no mundo inteiro.

Duração:

3 horas

Entrada livre


Inscrição

A palestra é limitada ao número de lugares disponíveis.

As visitas guiadas ao edifício requerem o registo prévio, realizado à chegada ao evento. O registo de inscrições termina às 0h00, ou no início da primeira visita que não tenha inscrições. Não é possível a inscrição numa visita enquanto a visita anterior não estiver preenchida.

Localização

Observatório Astronómico de Lisboa
Tapada da Ajuda
1349-018 Lisboa