Ignite IAstro – Cantanhede

Ignite IAstro Cantanhede

Os investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) estão a percorrer Portugal e a levar o Universo a vilas e cidades longe dos grandes centros urbanos.

Vamos viajar do Sistema Solar às estrelas e às galáxias, e falar dos instrumentos que nos permitem chegar tão longe.

O formato dos eventos Ignite IAstro permite expor, de modo divertido e acessível, cerca de uma dezena de temas da investigação em ciências do espaço feita em Portugal.

Programa

Nem sempre o Sol está calmo
João Lima

Quando a nossa estrela está ativa, é palco de fenómenos violentos e belos. Alguns deles originam partículas que viajam em direção à Terra a velocidades muito elevadas. Estará o nosso planeta protegido? E os nossos astronautas?

Medindo exoplanetas
Sérgio Sousa

Hoje em dia já se descobriram mais de 4000 planetas extra-solares que orbitam outras estrelas na nossa galáxia. Vamos explicar como muitos destes planetas foram descobertos, e falar de técnicas, ferramentas e missões que nos permitem medir e caracterizar estes novos mundos longínquos.

À procura de uma segunda Terra
João Camacho

A descoberta do primeiro planeta extra-solar em 1995 levou a uma revolução do conhecimento que tinhamos sobre planetas, desde a formação e evolução do nosso Sistema Solar ao tipo de planetas existentes. Os avanços tecnológicos permitem-nos alcançar uma precisão nunca antes atingida e iniciar a procura de planetas iguais à Terra, com massa e temperatura ideais para a existência de vida e tentar responder à pergunta “Estaremos sós?”.

Dentro de um enxame… de galáxias!
Catarina Lobo

A maioria das galáxias não se encontra isolada no Universo: tal como a nossa Via Láctea, muitas pertencem a grupos ou a enxames de galáxias. No interior destas enormes estruturas, as galáxias sofrem vários processos que as transformam ao longo do tempo cósmico e alteram a sua forma e a sua capacidade para formar novas estrelas. Nesta breve apresentação, vamos acelerar o tempo e ver a evolução das galáxias de enxame.

Desafios e descobertas com ALMA
Ciro Pappalardo

O ALMA revolucionou a nossa visão do Universo. Graças à sua incrível precisão, o ALMA observou galáxias no início da sua vida, nos primórdios do Universo. Mais perto de nós, observou discos de gás e poeira à volta de estrelas jovens, onde se estarão a formar planetas, e surpreendeu-nos com a descoberta, em regiões de formação de estrelas, de moléculas importantes para a vida. Vamos conhecer a história de um dos mais poderosos telescópios do mundo.

A insustentável leveza do Universo
Nelson Nunes

Vamos ver como são determinadas as abundâncias dos constituintes do Universo e o que significam para a sua evolução.

O lado escuro da força
Tiago Barreiro

Mais de metade de todo o Universo conhecido pertence ao “lado escuro”. Ele não é observado diretamente e o que o compõe continua a ser para nós um mistério. Vamos dar um pouco de luz ao lado mais escondido do Universo.

O Universo dos telescópios
Alexandre Cabral

O telescópio é um dos instrumentos mais fascinantes criados pelo ser humano. Com ele foi possível alargar os nossos horizontes a limites inimagináveis. Nesta palestra vamos falar de uma forma muito simples do funcionamento de um telescópio e mostrar imagens dos mais atuais telescópios existente no mundo, utilizados por muitos dos cientistas do IA.


Em cada evento da Digressão Ignite IAstro, entre oito e dez investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço apresentam a sua investigação em apenas cinco minutos cada.

Seguindo o conceito dos eventos Ignite, cada investigador fará uma intervenção rápida e estimulante ao ritmo de uma sequência automática de 20 imagens.

A sessão Ignite IAstro – Cantanhede tem o apoio do Município de Cantanhede.

Pode acompanhar a digressão através da newsletter IAstro, e também no Facebook e no Twitter.

Duração:

1h 30m

Entrada livre

Localização

Auditório da Biblioteca Municipal de Cantanhede
Rua dos Bombeiros Voluntários
Cantanhede
Saiba mais sobre o projeto Digressão Ignite IAstro