Uma estrela no céu de inverno : T Tauri

T Tauri

T Tauri é uma estrela variável na constelação do Touro, e que se encontra a uma distância aproximada de 470 anos-luz.

Esta estrela foi descoberta em 1852 e é hoje geralmente considerada o protótipo da classe de estrelas de brilho variável que recebeu o seu nome, sendo T Tauri, de entre elas, a mais brilhante hoje conhecida.

O estudo sistemático da classe de estrelas T Tauri só ocorreu já na década de 40 do século XX.

Uma das características mais salientes é a sua associação a nebulosas.
Estas são regiões de formação estelar em que os processos de formação e evolução são responsáveis pelas flutuações aparentes no brilho destas estrelas.

Consequentemente, o termo ‘classe T Tauri’ é hoje usado para definir estrelas jovens de pequena massa ainda em processo de contração gravitacional, anterior ao início das reações nucleares no seu interior.

São portanto estrelas com menos de duas ou três vezes a massa do Sol e com uma idade de apenas alguns milhões de anos.

O estudo desta classe de estrelas permite-nos conhecer a evolução do nosso próprio Sol.


Autor: Jorge Gameiro
Investigador do IA na linha temática “Rumo a um estudo abrangente de estrelas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *